NÃO SOU MAIS UM OUTDOOR AMBULANTE

No último mês eu decidi aderir ao minimalismo e mesmo ainda não estando por completo dentro deste novo estilo de vida, minha mentalidade se expandiu para coisas relacionadas aos comportamentos adotados por maior parte da população, que acabam se transformando em outdoors ambulantes justo a influências ligadas ao capitalismo que por sua vez, quer que as pessoas consumam cada vez mais do que elas consomem de modo desnecessário e irresponsável, enquanto mostram a si mesmas algum que elas foram criadas para serem.

Eu preciso deixar claro que eu não sou nem um pouco contra o capitalismo e que eu amo este sistema apesar de minhas duras críticas, porém como todo sistema, ele tem suas falhas que se não forem concertadas, as pessoas vão continuarem ficando cada dia mais doentes do que já estão, e é daí que vem o complexo de inferioridade que levam milhares de pessoas todos os dias cometerem a cometerem o suicídio.

Eu não estou aqui falo somente das pessoas que compram roupas, casas ou carros caros por causa que não tem mas nada para mostrarem para a sociedade ou para si mesmas, estou aqui para falar sobre o comportamento da sociedade perante a si mesmas. Então eu espero que vocês reflitam sobre o que eu estou compartilhando e caso você ainda sim tenha vergonha de mudar sobre os seus modos de verem o mundo, eu acredito que você devam continuar no caminho aonde está e que lhe é mais confortável.

Eu me lembro de quando eu usava o Instagram e via os garotos com os corpo definidos em minha timeline e isso acabava me deixando muito pra baixo, por causa que como muito de vocês já sabem ou não, desde os meus 11 anos eu vinha engordando e hoje eu sou um jovem adolescente gordo. Por causa disso e de outros fatores psicológicos que eu acabei tendo ainda na minha infância conturbada, eu acabei criando uma bipolaridade que me levou a diversos caminhos. Nas redes sociais eu sempre postava fotos em posições que favorecessem o meu corpo e fazia de tudo para maquiar a minha rotina e minhas condições financeiras, assim como é feito por grande maioria dos internautas, mais por sorte eu conseguir abandonar as redes sociais a tempo, após eu ter entrado em uma depressão por causa do meu corpo que me deixou confinado em casa por quase três anos e quase me levou ao suicídio por diversas vezes.

Hoje eu prefiro levar uma vida mais simples e me afastar de pessoas que possam me fazer ter gatilhos mentais que me façam sair da minha atual rotina e abandonar os meus objetivos. Hoje eu sou uma nova pessoa que não faz questão de vestir roupas de grandes marcas, andar em localidades nobres ou até mesmo em querer ser superior a alguém.

#CONFISSÕES
Henrique Tourinho
Sou uma pessoa legal, um tanto tímida e direta.

Publicações Recomendadas


MELHORIAS DE HARDWARE PARA O MEU COMPUTADOR!

Na última noite eu estava olhando alguns itens no OLX e acabei comprando nesta amanhã alguns itens semi-novos para o meu sofrido computador....

continuar lendo

COMO DISPONIBILIZAR PROJETO NA REDE ONION

O objetivo deste artigo é técnico e tem o intuito de demostrar como é fácil para colocar um projeto que esteja em um servidor dedicado ou em uma VPS em multi-camadas, para poder ser acessado tanto na Surface como na Dark Web...

continuar lendo

VOLTEI!

Eu tinha tirado o blog do ar pelo fato que meu estilo de vida e minhas rotinas aviam mudado drasticamente para melhor e o Blogado neste época me representava negatividade, pós eu recorria ao mesmo em momentos de fragilidade como se fosse uma terapia...

continuar lendo

O BRASIL NÃO PODE PARAR

Estamos vendo diuturnamente veículos de comunicações e governantes falarem "fiquem em casa", enquanto também vemos uma pequena parte deles dizer que “fique em casa se puder” ou "o Brasil não pode parar"...

continuar lendo
© 2018-2021, Blogado, ou suas Representações. Todos os Direitos Reservados.

Criado e mantido por Henrique Tourinho